10 Destinos para viajar no inverno

23/05/2016

Feriado à vista, e a única coisa que conseguimos pensar é ‘Pra onde será que eu posso viajar no inverno?’. Pensando em vocês e no feriado que se aproxima, separamos 10 destinos bacanas para conhecer e se divertir nesse inverno que está cada vez mais frio.

 

Monte Verde - MG

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Monte Verde – MG
Próxima às grandes capitais do sudeste e em plena Serra da Mantiqueira, Monte Verde é uma cidade que recebe casais apaixonados o ano todo. O clima de paixão não está somente na arquitetura inspirada nas frias cidades europeias, mas também nas diversas pousadas da cidade, que oferecem serviços exclusivos, como lareiras e banheiras de hidromassagem em quase todos os quartos. O pequeno distrito de Camanducaia, a apenas 27 quilômetros de distância, também acolhe os casais aventureiros, com atividades radicais como tirolesa, boia-cross e passeios de avião e a cavalo

 

Urubici 002

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Urubici – SC

No triângulo entre São Joaquim, Urupema e Urubici, temperaturas abaixo de zero e neve ocasional fazem a alegria dos turistas. A disputa pelo título de cidade mais fria do Brasil é acirrada (e tem dezenas de outros pretendentes), mas Urubici destaca-se por um centrinho agradável, boas opções gastronômicas, pousadas de qualidade e uma natureza de recortes deslumbrantes. A Pedra Furada e o Morro da Igreja estão entre as melhores atrações da região, assim como a Serra do Rio do Rastro, na vizinha Bom Jardim da Serra.

 

Visconde de Mauá 001

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Visconde Mauá  – RJ

Atrações é que não faltam neste trecho da Serra da Mantiqueira. Pousadas aconchegantes, jantares estrelados, caminhadas e cavalgadas com vistas deslumbrantes e feirinha de artesanato são uma pequena amostra de quem elege Visconde de Mauá como destino.

 

 

Ubajara 003

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ubajara – CE
Com temperaturas bem mais amenas do que as principais cidades do Ceará, Ubajara é um recanto de natureza em um trecho da Serra do Ibiapaba. O Parque Nacional de Ubajara é a principal atração da pequena cidade, com sua gruta repleta de estalactites e estalagmites. Ao todo, a formação rochosa conta com oito salões, acessíveis com a ajuda de um guia. Para ter acesso a tudo isso  é necessário pegar o teleférico, que oferece uma ótima vista da floresta de babaçus. Outro destaque é o cânion do rio Cafundó, visto em sua plenitude em um mirante no caminho para a floresta.

 

 

Joinville 003

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Joinville – SC

Em Joinville, milhares de turistas enfrentam as baixas temperaturas para acompanhar o tradicional Festival de Dança, no mês de julho. Divirta-se com passeios pelos vários museus da cidade, tours pela gastronomia típica alemã ou trilhas na mata.

 

 

Ushuaia 001

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ushuaia

A cidade tem forte vocação turística. Quem visita Ushuaia costuma fazer passeios a pé ou motorizados, percorrendo pontos de grande beleza paisagística e interessantes trilhas como o Parque Nacional da Terra do Fogo. No inverno, é interessante aproveitar os safáris e o turismo rural da região. Além disso, quando a neve cobre o cenário, possibilita a realização de esportes e passeios típicos do gelo, como o esqui. Nos centros de entretenimento você também encontra atividades como patinação no gelo, snowcat, caminhada com raquetes, trenós puxados por cachorros, escaladas, patinação e passeios de 4×4.

 

 

Punta del Este 001

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Punte del Este

Durante o inverno, Punte del Este fica vazia e ganha outra cara, mas mantém o charme de sempre. Para quem busca calmaria é uma excelente opção. Nessa época as temperaturas variam entre 6°C e 17°C com muito vento. A clássica caminhada pela orla para ver o pôr-do-sol faz parte do programa turístico em qualquer época do ano. Desfrute também das casas de chá nas fazendas e dos passeios de barcos que levam você à Ilha dos Lobos para conhecer a maior colônia de lobos marinhos da América do Sul. Durante noite, o ideal é recorrer os cassinos, restaurantes e bares estilosos da Praia da Barra.

 

 

Bariloche 003

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bariloche

No inverno, os cerros de Bariloche cobertos de neve são uma tentação fotográfica. O agito do centro da cidade também faz parte do roteiro de quem viaja até lá nessa estação. Além das montanhas onde se podem praticar esqui e snowboard (Cerros Catedral e Tronador), destacam-se o Parque Nacional Nahuel Huapi, a travessia dos lagos andinos até o Chile, a Isla Victoria (no lago Nahuel Huapi), a região de El Bolsón (ao sul da cidade), a Colonia Suiza (em meio a bosques, na qual se situa um museu que conta a imigração suíça para a região) e os percursos turísticos chamados Circuito Chico e Circuito Grande, com paradas em vários pontos de onde se têm vistas panorâmicas dos bosques e montanhas ao redor da cidade. Ou seja, imperdível!

 

 

Valle Nevado 001

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Valle Nevado

Valle Nevado é um centro de esqui chileno situado na Cordilheira dos Andes, a 46 km da cidade de Santiago. O lugar é perfeito para os brasileiros, já que tanto os frequentadores como os profissionais da região falam português. Atualmente, é o maior centro de práticas de esportes relacionados à neve no Hemisfério Sul. O resort tem aproximadamente 800 hectares de área para esquiar, composta por 102 trilhas (14% são para principiantes, 30% para intermediários, 42% para avançados e 14% para experts). A estação possui 8 teleféricos. Nos últimos anos, as pistas de esportes no gelo foram criadas para a prática de esqui acrobático, esqui estilo libre, salto em esqui e snowboarding. Diversão garantida!

 

Mendoza 001

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mendoza

Poucos lugares do mundo têm tantas opções para tomar um bom vinho no inverno do que Mendoza. Com mais de 1200 vinícolas, caseira e industrais produzindo 10 milhões de hectolitros anuais, a região fixou-se como um destino ideal para quem gosta da bebida e também de neve.
A autointitulada Terra do Sol e do Bom Vinho também é conhecida pelo Cerro Aconcágua, a mais alta montanha do planeta fora da Ásia, cujos títulos como Sentinela de Pedra e Teto das Américas fazem jus aos seus imponentes 6.962 metros de altura. Conquistar seu cume é para poucos, mas apreciá-lo a partir do Parque Provincial Aconcágua, em terreno bem firme, já é suficiente para deslumbrar os visitantes.

Com esse roteiro, você só vai precisar escolher o seu look Tess Inverno 2016, e se jogar numa viagem incrível e inesquecível!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *